IAM alerta para inspecção aos aparelhos de ar condicionado para evitar acusações por queda de pingos de água

  
Data de Publicação: 29/04/2022

Observou-se, nos últimos dias, a subida das temperaturas em Macau, que gerou um aumento na frequência da utilização de aparelhos de ar condicionado. O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) relembra aos cidadãos que devem inspeccionar os drenos dos aparelhos de ar condicionado antes de retomar a sua utilização, bem como verificar se está ou não bem colocada a bandeja colectora, de modo a evitar a situação da queda de pingos de água. O IAM irá reforçar a inspecção da situação de infracção por queda de pingos de água de aparelhos de ar condicionado, bem como reforçar o trabalho de exterminação de mosquitos, para manter a higiene ambiental.

 

Ter em mente as “Três coisas que se fazem e não se fazem”

O dano dos drenos do aparelho de ar condicionado, a ligação defeituosa dos drenos ou a existência de fuga na bandeja colectora são razões que provocam a queda de pingos de água. Para evitar sanções por queda de pingos de água, o IAM alerta os cidadãos para que tenham em mente “Três coisas que se fazem e não se fazem”, isto é: “fazer bem a ligação da mangueira de drenagem, e não deixar que a água seja drenada pela parede ou pelo ar”; “proceder a inspecção periódica do aparelho de ar condicionado, não deixando para fazer o acompanhamento apenas após ser acusado”; e “ao detectar a queda de pingos de água, proceder a reparação, o mais rapidamente possível, e não deixar que a água pingue nos espaços públicos”.     

 

Reforço da inspecção da queda de pingos de água e sanção pela situação ilegal

O IAM irá organizar equipas de fiscais para reforçar a inspecção e, ao detectar a situação da queda de pingos de água de aparelho de ar condicionado, emitirá “notificação para melhoramento de dreno de ar condicionado” ao responsável do domicílio suspeito. O IAM irá aplicar a sanção ao respectivo responsável do domicílio, nos termos do “Regulamento Geral dos Espaços Públicos”, caso verifique que não foi corrigida a respectiva situação ilegal, dentro do prazo determinado. Além disso, o IAM, também divulga, de forma constante, a mensagem de que “é importante proceder à manutenção dos aparelhos de ar condicionado, para evitar a queda de pingos de água” aos cidadãos, através de diversas plataformas de comunicação social, cartazes, faixas, publicidade, etc., de modo a relembrar os cidadãos para prestarem atenção ao problema da queda de pingos de água dos aparelhos de ar condicionado e proceder, de forma voluntária, ao seu melhoramento.      

 

Reforço do trabalho de exterminação de mosquitos

Uma vez que a queda de pingos de água dos aparelhos de ar condicionado favorece a proliferação de mosquitos, o IAM já iniciou, em Março, o trabalho de exterminação de mosquitos, em 170 locais, nos parques e jardins, zonas de lazer, cemitérios, zonas de vendilhões e mercados municipais, duas vezes por mês. Esse trabalho inclui a pulverização com insecticida de exterminação de mosquitos, como ainda a colocação periódica de insecticidas de areia “Themephos”, para evitar o crescimento de mosquitos, nas bocas de esgoto das instalações municipais, nos vasos nos cemitérios e espaços onde é fácil encontrar água estagnada, a fim de obstar a que as larvas se tornem em mosquitos. Em simultâneo, apela aos cidadãos para realizarem correctamente trabalhos de prevenção de mosquitos, ou seja, inverter os recipientes colocados no domicílio, nos quais seja fácil a estagnação de água, e limpar periodicamente os espaços onde se encontre água estagnada, de modo a evitar que estes dêem origem à proliferação de mosquitos.