Mangas testam positivo a novo tipo de coronavírus e são todas destruídas e impedidas de entrar no mercado

  
Data de Publicação: 30/06/2022

Amostras de um lote de mangas importado da região de Taiwan tiveram ontem (dia 29) resultado positivo no teste de ácido nucleico ao novo tipo de coronavírus. O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) activou de imediato o plano de contingência, tendo retido, para as bloquear e destruir, 20 caixas, com um peso total de 100kg, das mercadorias em causa, que acabaram por não entrar no mercado. Por outro lado, o IAM procedeu à desinfecção profunda do ambiente circundante das mesmas, tendo ainda apresentado aos Serviços de Saúde as informações do pessoal que tinha tido contacto com aquele lote de produtos, para efeitos de investigação e acompanhamento. A partir de hoje, o IAM vai suspender a importação de produtos da mesma origem, que vem da empresa envolvida, pelo período de uma semana.

O IAM não deixa de exigir aos estabelecimentos comerciais que reforcem a limpeza e desinfecção das embalagens exteriores dos produtos alimentares importados, apelando ainda aos cidadãos para lavarem frequentemente as mãos, no sentido de efectuar, em conjunto, um bom trabalho, no âmbito das acções de prevenção da epidemia.