IAM constrói parque de pneus em terrenos não aproveitados da Taipa para aumentar espaços de lazer e promover protecção ambiental

   
Data de Publicação: 14/08/2020

Em resposta às exigências da sociedade relativamente ao uso adequado dos terrenos não aproveitados e ao aumento dos espaços de lazer, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) planeia utilizar os quatro terrenos não aproveitados no centro da Taipa, com uma área total de cerca de 19 mil metros quadrados, para promover a conservação ambiental, construindo, com o uso de pneus como elementos principais da concepção, num grande número de instalações de lazer, recreação e desporto, criando um parque de pneus adequado para homens, mulheres, idosos e crianças.

Tomando como referência os parques de pneus em cidades de Europa, Estados Unidos da América, Japão e Interior da China, entre outras, que têm merecido aplausos dos seus cidadãos, o parque de pneus que o IAM projecta irá situar-se num terreno que tem, a norte, a Avenida de Kwong Tung; a leste, a Rua de Bragança; a sul, a Rua de Chaves; e a oeste, o Edifício Nam San, complementando-se mutuamente, em termos funcionais, com o Jardim Cidade das Flores e o Parque Central da Taipa. Após a sua conclusão, contribuirá para o aumento da área de terrenos de lazer per capita da Zona Central da Taipa, enriquecendo a atmosfera de lazer dos bairros comunitários e elevando a qualidade de vida da população.

Cooperação com a Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA) para o uso de pneus tratados com limpeza, desinfecção e polimento

O IAM e a DSPA cooperam na selecção de pneus reciclados que não se estejam a degradar e que apresentem boa aparência, procedendo à limpeza, desinfecção, remoção de objectos diversos, polimento e perfuração na parte inferior dos pneus para evitar a acumulação de água. Ao mesmo tempo, após a conclusão do parque, o IAM realizará inspecções periódicas, manutenção e, se necessário, substituirá os pneus, para assegurar a higiene e segurança.

No parque de pneus projectado, de acordo com os princípios de poupança de recursos, protecção ambiental e retorno à vida real, proceder-se-á, de acordo com a situação real, ao arranjo global adaptado ao relevo original de altos e baixos do local, usando os pneus como elemento de concepção a conectar os espaços Paraíso de Pneus, Relvado para Pais e Filhos, Colina da Alegria, Mundo de Água e Areia, Área de Skate, Campo da Alegria, Pista de Corrida e Pista de Patinetes Infantil ao redor do parque, entre outras áreas funcionais, proporcionando aos residentes de diferentes faixas etárias espaços para uma interacção dinâmica e estática entre pais e filhos, bem como recreação e desporto.

 

Oito zonas funcionais para interacção entre pais e filhos e actividades recreativas para pessoas de todas as idades

O Paraíso de Pneus, sendo diferente quando comparado com outras zonas de diversão infantil de Macau, localizar-se-á no centro do parque, onde serão utilizados pneus de diferentes tamanhos e formatos para criar um espaço de diversão interessante, colorido e seguro, incluindo: um conjunto de subida, ponte suspensa, casinha, piscina de pneus, labirinto de aptidão física, entre outros. Os pneus serão usados como dispositivos de grande porte no parque, oferecendo às pessoas de todas as idades um lugar popular para tirar fotografias e fazer check-in nas redes sociais.

O Relvado para Pais e Filhos e a Colina da Alegria, destinados à família, serão criados seguindo a topografia ampla e ondulada, como um espaço multifuncional próximo da natureza. Na zona, serão instalados, através de montagem de pneus, dispositivos artísticos, tais como, bonecos, casinha, árvores de pneus, baloiços de pneus e outros, incluindo esculturas em forma de animais, com funções decorativas, mas servindo também para trepar.

O Mundo de Água e Areia, destinado a crianças e jovens, será construído com uma diferença de cerca de 2 metros de altura, dividido em duas zonas: a parte superior e a inferior. Na parte superior, serão colocadas uma grande piscina de areia e uma pirâmide em forma de espiral com fluxo de água, e na inferior será uma combinação entre os pneus e a piscina de areia, usando duas escorregas de pedra de grande dimensão e uma rampa de pneus para fazer a ligação, criando um espaço tridimensional de divertimento, onde as crianças podem brincar com areia e água, para aprender e treinar o tacto, a criatividade e a imaginação.

A Área de skate destinada a jovens, ideal para iniciantes e pessoas de nível médio, será construída de acordo com as diferenças de altura da topografia original, com piso em formas geométricas coloridas para dar uma imagem vibrante. Quanto ao Campo da Alegria, serão ali instalados o campo de futebol, o campo de basquetebol, o campo de voleibol e o campo de badmínton, equipados nas suas zonas circundantes com instalações para manutenção física, caminho de seixos, corredores com cobertura contra o sol e bancos.

A Pista de Corrida e a Pista de Patinetes Infantil ao redor do parque têm comprimento total de 660 m e de 655 m, respectivamente. As duas encontram-se separadas por gradeamentos baixos feitos de pneus, a fim de garantir a segurança dos transeuntes, desportistas e crianças. No parque, para além de se conservarem as árvores originalmente existentes, também se plantam arbustos e árvores, entre outras plantas, aumentando a taxa de arborização e instalando grandes abrigos. Entretanto, serão instalados no parque quiosques, máquinas de venda automática, esplanadas, salas de amamentação, sanitários sem barreiras arquitectónicas e para pais e filhos, etc.