Sakuras florescem precocemente nos jardins e parques públicos

   
Data de Publicação: 12/03/2020

O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) dedica-se a cultivar excelentes espécies de plantas de flor adequadas às quatro estações do território. Nos últimos 10 anos, introduziu localmente várias espécies de cerejeiras, como a Cerasus yunnanensis “Guangzhou”, a Cerasus campanulata “Zhongguohong”, entre outras, que também são adequadas para plantação nas zonas do Sul da China. No corrente ano, as sakuras que tinham sido plantadas nos vários jardins e parques já floresceram, o que ocorreu mais cedo do que apontavam as previsões.

Em Março, as flores desabrocham com a chegada da Primavera, mas, no corrente ano, as sakuras floresceram mais cedo. O IAM plantou um total de cerca das 400 sakuras de espécies resistentes ao calor nos vários parques e jardins, incluindo o Parque Municipal da Colina da Guia, o Jardim da Flora, a Zona da Avenida da Praia, na Taipa, o Jardim de Lou Lim Ioc, etc. As cores das flores são diversificadas, sendo a cor da espécie Cerasus campanulata “Zhongguohong” carmesim ou rosa profundo, enquanto a da espécie Cerasus yunnanensis “Guangzhou” é rosa, com as suas pétalas mais abertas do que as da espécie Cerasus campanulata “Zhongguohong”, e uma aparência mais brilhante. Prevê-se que o período de floração dure até aos finais de Março. Além disso, a espécie Tabebuia rosea e a espécie Paineira-vermelha-da-índia, nas zonas verdes dos bairros, e a espécie Acacia podalyriifolia e a espécie Casco-de-vaca-lilás, nos trilhos florestais, também floresceram entretanto, de forma esplendorosa, e as suas flores em tons de amarelo e vermelho deslumbram o nosso olhar.

Parte das instalações no exterior dos jardins, parques e zonas de lazer sob gestão do IAM já foi aberta condicionalmente ao público e estas instalações estão a ser geridas sob as orientações dos Serviços de Saúde, nomeadamente a imposição aos cidadãos, ao entrarem nestas instalações, da medição de temperatura corporal e utilização de máscara. O IAM lembra à população que actualmente ainda decorre um período de prevenção de epidemia e apela aos cidadãos para se articularem com as respectivas medidas e manterem a consciência de prevenção de epidemia enquanto se descontraem, praticam exercício ou apreciam as flores, evitando concentrações de pessoas.