Plano de contingência do IAM para instalações verdes sob sua gestão durante passagem do ciclone tropical

 
Data de Publicação: 12/10/2021

Com vista a garantir a segurança pública, quando o sinal n.º 8 ou superior de tempestade tropical for substituído pelo sinal n.º 3, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) procederá à inspecção e avaliação de todas as instalações verdes e de lazer sob a sua gestão. Para evitar afectar o pessoal da linha da frente na inspecção e tomada de medidas de emergência, essas instalações não estarão abertas ao público, e serão colocadas placas de aviso de vedação das instalações com portais ou entradas principais, para conhecimento do público, pelo que se solicita a colaboração dos cidadãos, para a utilização das respectivas instalações apenas após a publicação da lista de abertura ao público.

Quando for baixado o sinal n.º 8, procurar-se-á divulgar a lista de abertura das instalações de todas as zonas verdes encerradas, dentro de 24 horas. No entanto, se for içado o sinal n.º 9 ou superior, que implica a possibilidade de ser causado maior impacto e danos mais graves às instalações verdes, a avaliação demora mais tempo, pelo que, após a remoção do sinal n.º 8, procurar-se-á divulgar dentro de 72 horas a lista de abertura das instalações.

Após a estatística, análise e avaliação, tendo em conta o grau de danificação dos parques e jardins, zonas de lazer, trilhos e zonas para passeio de cães, o IAM irá classificar as instalações em três categorias: manutenção da abertura normal, abertura parcial e encerramento provisório, e publicar a lista de abertura na sua página electrónica (www.iam.gov.mo) e na página electrónica “A Natureza de Macau” (http://nature.iam.gov.mo). O público deve prestar atenção às respectivas informações.

Por outro lado, o IAM alerta os cidadãos para evitarem aproximar-se ou permanecer em taludes, antes e depois do tufão ou durante chuvas intensas, a fim de evitar o perigo de deslizamento de terras. Actualmente, 14 trilhos nas ilhas da Taipa e Coloane estão encerrados temporariamente até data de novo aviso, pelo que se apela aos cidadãos para não entrarem sem autorização nas instalações, durante o período de encerramento das mesmas, para evitar situações de perigo.