Controlo de fluxo de pessoas por distribuição de senhas no Mercado do Patane IAM apela novamente aos cidadãos para fazerem compras fora do período de pico

Data de Publicação: 22/07/2022

O Mercado do Patane adoptou esta manhã (dia 22) a medida de distribuição de senhas, tendo sido pedido aos cidadãos para fazerem filas de espera à entrada, para controlar o fluxo de pessoas, e estando o funcionamento geral a correr de forma satisfatória. O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) apela novamente aos cidadãos para que se desloquem aos mercados e zonas de vendilhões fora do período de pico e, ao fazerem fila de espera, obedeçam às instruções dos trabalhadores no local, de modo a tomar em conjunto as medidas de prevenção epidémica de forma apropriada.

 

Hoje às 9h00, o Mercado do Patane assistiu ao início do pico do seu fluxo de pessoas. Os trabalhadores do IAM adoptaram de imediato medidas de controlo, nomeadamente a distribuição de senhas e solicitação aos cidadãos para fazerem fila de espera. Uma vez adoptada essa iniciativa, os cidadãos puderam entrar no mercado para fazer compras depois de aguardar cerca de cinco minutos em média. O IAM já montou, há dias, filas de espera respectivamente no exterior dos mercados com maior fluxo de público, a saber Mercado do Patane, Mercado do Iao Hon e Mercado de S. Lourenço, permitindo aos trabalhadores organizar a entrada ordenada dos cidadãos naqueles recintos e, em simultâneo, providenciando vias especiais para idosos e indivíduos com mobilidade reduzida.

 

O Instituto apela novamente aos cidadãos para que se desloquem aos mercados do Patane, do Iao Hon e de S. Lourenço e às zonas de vendilhões do bairro da Rua da Emenda, onde existe maior fluxo de pessoas, fora do período de pico e, ao fazerem fila de espera, mantenham um distanciamento social. O período de pico do fluxo de pessoas no Mercado do Patane é das 9h00 às 11h00, ao passo que, no do Iao Hon e no de S. Lourenço, se concentra principalmente entre as 9h00 e as 12h00, e entre as 16h00 e as 18h00. Aliás, as zonas de vendilhões do bairro da Rua da Emenda atraem também um grande número de pessoas, que se concentra principalmente das 11h30 às 12h30 e das 17h00 às 18h30.