Pandas gigantes “Jian Jian” e “Kang Kang” criados separadamente de acordo com hábitos da espécie

  
Data de Publicação: 01/04/2020

Os pandas gigantes nascidos em Macau “Jian Jian” e “Kang Kang” já estão quase a fazer quatro anos de idade, encontrando-se na fase sub-adulta. Assim, em sintonia com as rotinas e hábitos que acompanham o crescimento dos pandas gigantes, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) decidiu passar a criá-los separadamente, com vista à sua preparação para a entrada na fase adulta.

Em geral, os pandas gigantes que vivem em ambiente selvagem são animais solitários, vivendo no seu habitat praticamente sem interferência mútua. Ao completarem cinco anos, entrando na idade adulta, os pandas gigantes apenas precisam de encontrar parceiro para a época do acasalamento, após a qual os pandas gigantes do sexo masculino e feminino vão separar-se, para voltar ao seu próprio habitat. Por enquanto, os pandas gigantes “Jian Jian” e “Kang Kang” de 4 anos atravessam a fase sub-adulta, período em que se encontram muito activos, necessitando ainda de correr e brincar frequentemente, e em que mantêm um contacto físico próximo. Com o passar do tempo, os dois pandas gigantes crescerão e o seu vigor físico irá aumentar. Devido a isso, conforme observaram os profissionais da equipa de criação, ambos estão a despender mais tempo a interagir, o que põe em causa o seu descanso normal e afecta os seus hábitos de alimentação.

Após consulta junto dos especialistas da Base de Estudo de Procriação dos Pandas Gigantes, e tendo como referência a experiência de criação independente de pandas gigantes entre os três e os cinco anos, a equipa de criação de Macau decidiu separar, de forma faseada, “Jian Jian” e “Kang Kang”. Em conformidade com os registos de observação, ambos os pandas gigantes apresentam-se sem anomalias e o seu peso corporal tem aumentado progressivamente. Devido à necessidade de preservar o carácter solitário destes animais, a medida de criação em separado já foi implementada, tendo por objectivo salvaguardar o amadurecimento natural dos pandas gigantes, permitindo-lhes continuar a crescer de forma saudável. Em paralelo, “Jian Jian” e “Kang Kang” vão seguir o mesmo modelo adoptado para os seus pais, “Jian Jian” e “Kang Kang”, sendo exibidos de forma rotativa ao público no Pavilhão do Panda Gigante de Macau.