IAM disponibiliza aos moradores dos edifícios vedados pacotes de alimentos com legumes e carnes congeladas

 
Publish Date: 19/06/2022

Em articulação com a implementação das medidas de prevenção e controlo com mais precisão contra a epidemia nas Zonas de Código de Saúde de Cor Vermelha e Cor Amarela e a fim de disponibilizar alimentos oportunamente aos moradores das zonas vedadas, o Grupo de Apoio à Subsistência irá fornecer-lhes pacotes de alimentos com legumes e carnes congeladas, para que eles possam cozinhar por si próprios, em vez de receber as marmitas previstas anteriormente.

Cada pacote terá alimentos em quantidade suficiente para três pessoas consumirem em dois dias e será distribuído de acordo com o número de moradores registado. Esses alimentos consistem principalmente de legumes e carnes congeladas que frequentemente se consomem no dia-a-dia, tais como carnes congeladas de porco ou frango, assim como legumes de maior duração, tais como batatas e repolhos redondos, bem como alho e gengibre. Para diminuir o contacto entre pessoas, os pacotes serão distribuídos uma vez a cada dois dias. Solicita-se aos moradores em causa que coloquem uma mesa junto à porta do domicílio para colocação de materiais como os pacotes de alimentos.

Aos idosos que moram sozinhos e com deficiência de mobilidade, aos indivíduos com doenças crónicas e às outras pessoas carenciadas de cuidados especiais, o Grupo de Apoio à Subsistência proporcionará marmitas diariamente.

O Grupo de Apoio à Subsistência, constituído pelo Instituto para os Assuntos Municipais (IAM), pelo Corpo de Polícia de Segurança Pública (CPSP) e pelo Instituto de Acção Social (IAS), irá dar início aos trabalhos de averiguação aos moradores alvo, registando informações, tais como a quantidade de moradores de cada fracção autónoma, os respectivos telefones de contacto, a quantidade de idosos e indivíduos com necessidades especiais, entre outros. A par disso, serão distribuídas aos moradores informações relativas aos arranjos de trabalho e às diversas medidas a implementar, assim como às formas de contacto urgente disponíveis no período de vedação.

Para mais esclarecimentos sobre as medidas de prevenção e controlo, queira ligar para a linha aberta (28700800) do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus.