IAM mantém trabalhos de inspecção e serviços necessários

Publish Date: 19/06/2022

Os pontos gerais dos serviços externos do Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) encontram-se encerrados ao público entre 20 e 21 de Junho, mas as áreas dos serviços de auto-atendimento, os Mercados e Cemitérios Municipais irão manter-se abertos; o “IAM em Contacto” e a Linha do Cidadão também continuam a funcionar, a fim de receber as opiniões transmitidas pelos cidadãos. Em simultâneo, o IAM irá manter os serviços de inspecção, bem como os trabalhos de limpeza e desinfecção das instalações e espaços públicos e trabalhos de vistoria.

Com vista a estabilizar o fornecimento de produtos alimentares e a inspecção sanitária, o IAM irá prosseguir com os serviços de inspecção de produtos alimentares, de animais vivos e produtos alimentares a retalho destinados a cães e gatos, durante o período referido. Nesse sentido, o requerente é obrigado fazer a marcação prévia, com pelo menos um dia de antecedência, através do telefone n.o 6686 3001, para os serviços de inspecção de animais vivos e produtos alimentares a retalho destinados a cães e gatos.

O local para tratamento das formalidades da licença/declaração de importação e marcação prévia de inspecção sanitária (produtos alimentares e mercadorias) irá ser alterado para o Complexo da Rotunda de Carlos da Maia, n.os 5 e 7, r/c; o horário de funcionamento é: das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30; para mais informações, queira ligar para o telefone n.o 2852 6943; solicita-se a atenção e consideração dos comerciantes importadores.

Relativamente à marcação prévia pelos cidadãos para os dias 20 e 21 de Junho, no Centro de Serviços da RAEM da Areia Preta, no Centro de Serviços da RAEM das Ilhas e nos respectivos centros de serviços do IAM, este Instituto irá contactar com os requerentes em causa, para agendar nova hora de atendimento. O Canil Municipal de Macau e de Coloane estarão encerrados, sendo canceladas as marcações prévias feitas e prestados apenas serviços de urgência.

O IAM também reforça a vistoria e sensibilização dos estabelecimentos licenciados e sob fiscalização, apelando aos respectivos estabelecimentos para cumprirem as orientações de prevenção da epidemia dos Serviços de Saúde, em conjunto, com vista a reduzir o risco de transmissão da doença pela comunidade, nos bairros de Macau.